Oficinas ministradas em 2012.

Em março de 2012 convidamos o ator austríaco Andreas Simma, um dos atores da companhia de Ariane Mnouchkine - que fazia uma turnê pela América do Sul, para ministrar cursos no Indac. O resultado foi extraordinário e convidamos Andreas Simma para voltar no segundo semestre de 2012. Ele voltou em outubro/2012 e ficou um mês trabalhando conosco. Além de trabalhar novamente os cursos do início do ano: Corpo Poético e Máscaras, tivemos também os módulos: Bufão e Clown.

Andreas além do longo trabalho junto ao Theatre du Soleil de Mnouchkine, é formado pela escola de Jacques Lecoq, um lugar que é referência na arte do ator e também de outras artes, pois foi frenquentada por artistas plásticos, bailarinos, arquitetos. Essa escola e esse mestre formaram gerações de artistas, entre eles, a própria Ariane Mnouchkine, e na última turma que teve aula diretamente com Lecoq, o Andreas Simma.

 
Nesses cursos Andreas teve assistência de Adriana Salles, uma atriz brasileira que ele conheceu enquanto ela fazia oficinas junto ao Soleil. Adriana fez a tradução simultânea, nas aulas Andreas usou o francês e, eventualmente, o inglês. 
MÓDULOS DAS OFICINAS MINISTRADAS EM 2012:
 
Corpo Poético  I:
Curso de iniciação ao método de Jacques Lecoq (um dos métodos utilizados por Ariane Mnouchkine). Aberto a todos. 
O processo é complexo e é direcionado à compreensão e prática da Máscara Neutra. 
Esta técnica quase lendária desenvolvida por Lecoq, foi aqui apresentada na sua versão original por um aluno de Jacques Lecoq! 
O processo inicia-se com a  “Análise do Movimento” e de como colocar o corpo ao serviço do ator, de como poder literalmente ajustá-lo em conjunto com os parceiros de cena e viver a experiência da qualidade de ouvinte. 
Um pouco adiante há um estudo dinâmico da natureza ao serviço dos personagens e o encontro com a Máscara Neutra. 
Vamos de encontro ao estudo  da calma, do silêncio e do equilíbrio da máscara.
   
Corpo Poético  II:
Continuação do Corpo Poético I, fundamental ter feito o Corpo Poético I, ou já ter experiências anteriores como ator .
Aqui trabalhamos a importância da análise do movimento ao serviço do ator em todos os seus detalhes. 
Como eu posso utilizar meu corpo para criar e explorar sentimentos e construir personagens em toda a sua complexidade psicológica e física, sempre a partir de uma perspectiva do corpo.
Como descobrir os diferentes “elementos” e as diferentes “matérias” como referenciais do processo técnico dessa ''identificação'' e do processo de ''criação''. 
Como analisar e selecionar obras de linguagens artísticas variadas como suporte para o processo de criação.
  
Máscaras I:
Indicado para quem tem alguma experiência como ator ou já fez algum curso de interpretação. 
Trabalha com Máscaras da Commedia Dell’Arte e outras.  
No início o trabalho é centrado no treino do corpo para estar apto a servir a máscara, um processo que passa por várias etapas para culminar no “Lazzi” e em como desenvolvê-lo.
   
Máscaras II:
Indicado para quem tem alguma experiência como ator ou já fez cursos de máscaras (o mais interessante será fazê-lo na sequência do Máscaras I). 
Este curso é dedicado a um aperfeiçoamento do Máscara I e entramos no universo das Máscaras Balinesas.
O trabalho desenvolvido no Máscaras II aprofunda as características das diferentes máscaras e de seus universos particulares. 
O foco é o conceito de “jogo”. 
Como explorar ao máximo o potencial da máscara. 
Como ''jogar'' com o parceiro de cena.
Como desenvolver o jogo partindo do “Lazzi” para o ''Canevas'' e criar histórias.
E finalmente, como encontrar o jogo de máscaras sem usar uma máscara.
  
BUFÃO ou ''O outro corpo'' 
Indicado para quem tem alguma experiência como ator, mas aberto também a todos aqueles que queiram aumentar suas perspectivas como artista (plásticos, bailarinos, músicos etc). 
Não tem relação direta com os outros cursos, mas este curso é mais aproveitado por aqueles que tiverem feito Corpo Poético ou Máscara. 
Como o nome diz é um clássico curso de bufão. 
Aquele que não acredita em nada e zomba de tudo inclusive dos valores mais fortes atingem o grande território da tragédia. 
O foco será na dimensão física e psicológica do gesto. Na infância. No encontro com o mistério, o grotesco, o fantástico.
Em investigar a humanidade das minorias: as deformações, as dores, os sentimentos e a poesia.
  
CLOWN 
Indicado para quem tem alguma experiência como ator.
Este curso é mais aproveitado por aqueles que tiverem feito Corpo Poético, Máscara ou Bufão. 
Curso ministrado a partir da pedagogia e técnicas de Clown apresentadas na Escola Jacques Lecoq.
O foco é no longo e solitário caminho de ser engraçado. 
Os jogos explorão a idéia de o quanto ruim deve ser uma situação e/ou as coisas para que se tornem engraçadas.
O que significa “encontrar o próprio Clown”? Onde devo procurar? Onde posso encontrá-lo?
 



Sobre Andreas Simma
 
Estudou na École Internationale de Théâtre Jaques Lecoq em Paris e na Escola de teatro Volkstheater Wien, Áustria.
Em Viena e em Paris estudou igualmente literatura francesa bem como estudos teatrais. 
Em Bali se formou em teatro balinês com Cristina Wistari: máscara e Nyoman Candri: marionetes.
Estudou Kathakali na Índia, teatro grego na Grécia com Mirka Yemenzakis, teatro russo com Michaï Fusu e teatro polonês com Wiezlav Komaza. 
Como assistente, participou de um estágio de máscaras italianas e balinesas com o Théâtre du Soleil no Afeganistão e ministrou worshops baseados na metodologia e pedagogia de Jacques Lecoq na França, na Argentina, no Brasil, no Chile, na Áustria e na Alemanha.  
 
Como ator e diretor ele trabalha com companhias na França, Itália, Irlanda, Inglaterra, Escócia e Brasil.
No Brasil é diretor convidado da Boa Companhia, de Campinas, São Paulo.
Como Clown podemos vê-lo em numerosos festivais de teatro de rua, acompanhado de sua irmã, a Clown Tanja Simma
Atualmente podemos vê-lo nas últimas obras do Théâtre du Soleil:
« Les Naufragés du Fol Espoir »
« Les Ephémères » 
« Le Dernier Caravansérail»
 
Sobre a assistente e tradutora Adriana Salles
Começou a estudar teatro na Escola de Teatro Martins Penna, ballet clássico e dança contemporânea na Tex Escola de Danças e Canto na Escola de Música Villa Lobos, todos no Rio e em São Paulo, Ciências Sociais. Ao mesmo tempo, se interessa pelas artes circenses sobretudo pelas técnicas de aéreo. Seu trabalho de atriz se orienta para a dança/teatro e o teatro físico e a prática do Yoga (técnica do qual é adepta há mais de 10 anos) ganha importância fundamental na maneira como trabalha, aprende e ensina. Na França estuda teatro em Lyon (com o Théâtre de l’Annexe), e em Paris  (participa de vários cursos de formação, destacando-se o de Wu Hsing Kuo, do Contemporary Legend Theatre e o de Ariane Mnouchkine, do Thèâtre du Soleil), e trabalha com companhias locais.   Dada a sua dupla nacionalidade se divide entre a França e o Brasil, trabalhando como atriz em várias criações no teatro, na televisão e no cinema. Na França podemos vê-la recentemente em ’OSS117, Rio não responde’, dirigido por Michel Hazanavicius, nos cinemas. Ministrou workshops de teatro na França, onde ela começou a desenvolver sua maneira de ensinar e compartilhar o conhecimento adquirido durante anos de estudo de diferentes técnicas. Com Andreas Simma ela ministra worshops e cursos em diferentes cidades da América Latina e Europa.
Praça Américo Jacomino, 63
Sumarezinho - São Paulo, SP
(ao lado do metrô Vila Madalena)